Call Center

6 dicas para criar uma pesquisa de satisfação no call center

6-dicas-para-criar-uma-pesquisa-de-satisfacao-no-call-center.jpeg
Escrito por Reynaldo Garcia

Entender o comportamento do consumidor é muito importante para qualquer empresa. As informações sobre a postura do público-alvo são úteis para adotar as medidas necessárias e melhorar os serviços. Por isso, a pesquisa de satisfação no call center deve ser feita de maneira periódica.

Não há como avaliar as atividades de uma organização e a qualidade do atendimento dos colaboradores, caso não haja nenhum tipo de retorno dos clientes. Se uma companhia não der oportunidade para os consumidores se manifestarem, correrá um grande risco de perder espaço para a concorrência.

Neste post, vamos apresentar 6 dicas valiosas para você fazer uma pesquisa de satisfação que será bastante útil para aperfeiçoar os serviços prestados. Confira:

1. Fale da importância da pesquisa para a equipe

Mesmo que os funcionários não tenham uma participação direta na elaboração dos questionamentos, é imprescindível que eles sejam informados sobre a finalidade da pesquisa. Dessa forma, eles estarão mais engajados a incentivar os clientes a participarem do estudo, após o término de um atendimento.

Quando uma empresa se comunica de maneira transparente com os colaboradores, maiores são as chances de obter resultados positivos com ações que priorizem melhorar o relacionamento com o público-alvo.

2. Elabore uma pesquisa direta e objetiva

Os consumidores querem resolver as demandas do dia a dia de maneira cada vez mais rápida e prática. Por isso, elabore uma pesquisa de satisfação com perguntas de fácil compreensão. Isso significa que os questionamentos devem ser diretos e objetivos para estimular a participação do público.

No caso de um formulário online, essa regra deve ser seguida à risca, porque muitos internautas não terão paciência para responder às perguntas até o final, caso os itens sejam longos e prolixos.

3. Busque o equilíbrio entre perguntas quantitativas e qualitativas

Com certeza, é relevante contar com dados relativos ao número de vezes que os consumidores compraram um produto ou adquiriram um serviço. Porém, é necessário ter em mente que quantidade não é sinônimo de qualidade.

Para analisar devidamente o comportamento do público-alvo, elabore questionamentos com foco em informações quantitativas e qualitativas. As últimas são essenciais para saber como o cliente avalia o trabalho desenvolvido pela empresa.

À medida que uma organização utiliza corretamente os dados, mais condições ela terá de antever tendências e de oferecer serviços que despertem o interesse dos consumidores.

4. Adote indicadores para a pesquisa de satisfação no call center

O que você está querendo medir com a pesquisa? A resposta é muito importante para estabelecer os indicadores que estão relacionados com o estudo. Isso porque as perguntas devem fazer com que a empresa tenha subsídios para verificar o nível de qualidade dos trabalhos executados.

Imagine que o indicador esteja relacionado à clareza das informações prestadas aos consumidores. Nesse caso, o ideal é que haja uma pergunta para saber como os clientes avaliam os dados fornecidos pela organização.

Com os indicadores de desempenho bem definidos, a pesquisa será bastante valiosa para uma organização estar mais capacitada para evoluir.

5. Tenha metas bem definidas

Sem dúvida, os indicadores de desempenho são fundamentais para uma companhia estar mais atenta às tendências do mercado. Também é preciso que as metas sejam claramente abordadas e viáveis de serem atingidas.

Esse cenário mostra que a pesquisa de satisfação necessita de objetivos bem elaborados. Assim, ela será imprescindível para uma empresa compreender o comportamento do público-alvo e adotar estratégias para expandir a carteira de clientes e consolidar uma posição de prestígio junto aos stakeholders.

6. Procure dar bônus aos participantes

Uma maneira de conseguir a colaboração dos clientes por meio de pesquisas é a oferta de descontos aos que responderem às perguntas. Além de ser uma ótima oportunidade para analisar os fatores a serem aperfeiçoados, essa iniciativa pode cativar ainda mais os consumidores e aumentar as vendas.

Com criatividade, inteligência, bom senso e organização, uma companhia pode obter dados valiosos dos consumidores e estar mais habilitada para enfrentar as oscilações do mercado e inovar.

Se você deseja mais informações sobre como elaborar uma pesquisa de satisfação no call center, deixe o seu comentário, agora mesmo, neste post. A sua participação é muito importante para nós!

Sobre o autor

Reynaldo Garcia

Com mais de 15 anos de experiência na área de contact center, Reynaldo Garcia tem habilidade natural para vendas e gestão de pessoas.\r\nCompletamente focado e com sangue nos olhos para novos negócios Reynaldo administra hoje mais de 800 colaboradores.\r\nSuas habilidades com tecnologia, marketing, vendas e gestão possibilitaram a criação de um método extremamente eficaz para gestão de call center e televendas e aplicada com sucesso em diversos seguimentos.\r\nNesses 16 anos atendeu mais de 50 empresas onde turbinou vendas, implantou centrais de atendimento de alta performance, acelerou processos de recuperação de crédito, capacitou milhares de pessoas e através de ligações mudou vidas.

Deixar comentário.

Share This
Navegação