Call Center

Como fazer um bom telemarketing? 4 dicas para operadores

como-fazer-um-bom-telemarketing-4-dicas-para-operadores.jpeg
Escrito por Reynaldo Garcia

Vender pelo telefone é um verdadeiro desafio, não é verdade? O operador de telemarketing não conta com uma série de facilidades que os vendedores comuns possuem. Não pode usar a linguagem corporal para o seu proveito, muito menos mostrar o produto na frente do cliente. É preciso desenvolver técnicas próprias para conseguir sucesso nesse meio.

Sim, embora também esteja inserido no universo das vendas, o operador de telemarketing deve procurar caminhos completamente diferentes para conseguir o sucesso. Sabendo disso, resolvemos fazer um post especial com algumas dicas sobre como fazer um bom telemarketing. Confira tudo o que precisa saber logo a seguir:

1. Desenvolva um bom script

Nossa primeira dica sobre como fazer um bom telemarketing não poderia ser diferente. Afinal, é com um bom script de vendas que pode nos ajudar a aprimorar os resultados. Acontece que, ao contrário do que muitos pensam, o script não é para ser lido em um monólogo. Sua verdadeira função é apenas orientar o vendedor, dar um norte para a negociação.

O script, portanto, é uma ferramenta de aprimoramento. Devemos sempre verificar os principais motivos de recusa, por exemplo, e procurar por abordagens que funcionam da melhor forma possível nesses casos. Assim, estaremos sempre aumentando as nossas chances de conversão.

2. Use a técnica dos gatilhos mentais

Uma técnica muito interessante para os profissionais que atuam com telemarketing são os gatilhos mentais. O objetivo é acionar alguns mecanismos inconscientes que todos nós temos e que, no caso das vendas, estimulam o consumo.

Quando dizemos que um produto está em falta, por exemplo, o gatilho mental da escassez é acionado, o que pode estimular uma venda. Por outro lado, se dizemos que determinado produto é usado por grande parte do público, estamos acionando o gatilho da aceitação social.

Existem muitos gatilhos mentais que podem ser usados, e é interessante que o operador saiba manejá-los sempre que possível.

3. Realize o rapport

Apesar do nome francês, o rapport não é um conceito complicado. Basicamente, ele está relacionado ao fato de precisarmos entrar no universo do consumidor para aumentarmos as nossas chances de conversão. Afinal, somos muito mais inclinados a ouvir aqueles que pensam como nós, não é verdade?

Dentro do conceito de rapport, temos, ainda, a técnica do espelhamento. A ideia é copiarmos alguns traços do cliente, como suas opiniões, formas de pensar e agir, para nos aproximarmos mais. Claro, é preciso tomar cuidado: devemos realizar essa ação com sutileza, pois, caso o cliente perceba, ele, com certeza, ficará desconfortável.

4. Foque no relacionamento

Por fim, é muito importante que o operador de telemarketing tenha em mente que o foco deve ser sempre o relacionamento de longo prazo com o cliente. Afinal, uma recusa agora não quer dizer, necessariamente, que as portas estejam fechadas. Pode ser que, no futuro, esse cliente volte a fazer negócios com a sua empresa.

Das dicas sobre como fazer um bom telemarketing, essa é, sem dúvidas, uma das mais importantes. Afinal, apesar de o vendedor ter as suas metas pessoais, o foco deve sempre ser a satisfação do consumidor!

Gostou do nosso post de hoje? Então nos siga nas redes sociais para ficar por dentro de muito mais! Estamos no Facebook e LinkedIn!

Sobre o autor

Reynaldo Garcia

Com mais de 15 anos de experiência na área de contact center, Reynaldo Garcia tem habilidade natural para vendas e gestão de pessoas.\r\nCompletamente focado e com sangue nos olhos para novos negócios Reynaldo administra hoje mais de 800 colaboradores.\r\nSuas habilidades com tecnologia, marketing, vendas e gestão possibilitaram a criação de um método extremamente eficaz para gestão de call center e televendas e aplicada com sucesso em diversos seguimentos.\r\nNesses 16 anos atendeu mais de 50 empresas onde turbinou vendas, implantou centrais de atendimento de alta performance, acelerou processos de recuperação de crédito, capacitou milhares de pessoas e através de ligações mudou vidas.

Deixar comentário.

Share This
Navegação