Saúde

Perda de Audição: prevenções e cuidados para o atendente de call center

perda-de-audicao-prevencoes-e-cuidados-para-o-atendente-de-call-center.jpeg
Escrito por Reynaldo Garcia

Um dos problemas que todo atendente de call center precisa evitar é a perda de audição. Segundo o IBGE, 9,7 milhões de pessoas possuem deficiência auditiva, o que representa 5,1% da população. Nessa porcentagem, boa parte dos casos acontecem no local de trabalho.

O serviço de telemarketing cresceu rapidamente no Brasil e com ele a oportunidade de empregar dezenas de milhares de pessoas, a maioria formada por jovens que estão trabalhando para pagar os estudos ou complementar a renda familiar.

Diante desse cenário, é importante que você se mantenha informado sobre os cuidados que é preciso tomar com a saúde. Ficar tempo demais usando o fone de ouvido com o volume acima do recomendado pode ter como consequência a perda auditiva por ruído (PAIR). No entanto, é possível se prevenir dos riscos desse problema.

Neste post, entenda melhor como prevenir e cuidar da sua audição.

O que é a perda auditiva induzida por ruído?

É uma doença ocupacional que pode atingir trabalhadores que estão expostos por um longo período de tempo a ruídos acima de 80 decibéis (medida do som). Uma carga horária de oito horas de trabalho com exposição contínua a esse volume, por exemplo, pode danificar as células e os nervos do seu ouvido interno gradativamente.

Esse barulho é equivalente ao som de uma avenida movimentada com trânsito intenso. O que mais tem preocupado os especialistas, no entanto, é que os operadores de call center têm o hábito de utilizar o fone apenas de um lado do ouvido e no volume considerado perigoso. A perda auditiva unilateral é muito comum e o desconhecimento dessa deficiência pode ocasionar o problema bilateral.

Características da PAIR

  • Não existe nenhum tratamento clínico ou cirúrgico para recuperação das células auditivas, uma vez contraída a doença o problema é irreversível;

  • Não provoca incapacidade para o trabalho, mas pode ocasionar limitações na realização de diversos tipos de tarefas;

  • A reabilitação é feita por meio de ações terapêuticas, adequação do ambiente de trabalho e uso de um aparelho auditivo.

Quais os sintomas da perda de audição?

Uma pessoa que está começando a desenvolver a PAIR geralmente sente pressão nos ouvidos, escuta o áudio meio abafado e, quando está em ambientes calmos, costuma ouvir o som de um zumbido.

Uma queixa muito comum de quem sofre desse mal é não ouvir os sons agudos, como o canto dos pássaros. Esses sintomas podem desaparecer em algumas horas e por esse motivo a pessoa não percebe a gravidade do problema e, consequentemente, não procura ajuda médica.

Outros sinais que podem ser percebidos é se, de repente, você começar a falar mais alto que o normal; se você não entender o que alguém está falando e pedir com frequência para que ela repita o que disse; se outra pessoa pode ouvir o som do seu fone de ouvido.

Quando as células do ouvido estão saudáveis, as chances da audição voltar ao normal são muitas. Caso contrário, a possibilidade de desenvolver uma perda auditiva permanente aumentam, pois essas células são completamente destruídas.

Sintomas extra-auditivos

  • Dor de cabeça;

  • Hipertensão arterial;

  • Irritabilidade;

  • Nervosismo;

  • Alterações do sono;

  • Alterações gastrointestinais;

  • Transtornos vestibulares;

  • Transtornos da comunicação;

  • Transtornos comportamentais;

  • Transtornos hormonais.

O zumbido no ouvido é um sinal de alerta

Segundo o otorrinolaringologista Dr. Ítalo Medeiros, o zumbido pode se apresentar de várias formas: imitando o som de uma cigarra, grilo, o chiado de uma TV fora do ar, movimentos da asa da borboleta, entre outros. Na maior parte dos casos, apenas o paciente ouve. Em outras situações mais raras, as pessoas também podem ouvir quando se aproximam de quem está sentindo esse problema.

O zumbido é o principal sintoma da perda de audição e por isso quem percebe esse alerta deve procurar logo um especialista. Casos recentes em que as células auditivas não foram prejudicadas podem voltar ao normal e uma das ações adotadas pelo otorrinolaringologista é mudar a alimentação de pacientes com esse sintoma, pois a hipoglicemia ou colesterol alto podem agravar ainda mais o problema.

O que o operador de call center deve fazer para prevenir a perda de audição

Revezar o fone de ouvido

O atendente precisa estar consciente da importância de alternar o uso do fone entre o ouvido direito e o esquerdo, para não sobrecarregar um lado só. Essa atitude pode parecer simples, mas é extremamente importante para manter o equilíbrio da sua saúde auditiva.

Fazer pequenas pausas no trabalho

É interessante fazer pequenas pausas de no máximo 10 minutos para cada hora trabalhada. Assim como a pessoa que digita muito no computador precisa relaxar o braço para se prevenir da síndrome por esforços repetitivos, quem usa o ouvido como recurso de trabalho precisa parar um pouco. Aproveite esse momento para fazer um alongamento rápido nos braços.

Manter o volume normal do som

O nível que vai deixar você livre do perigo é em torno de 60 decibéis, esse número é suficiente para uma conversa compreensível. Mantenha o volume o mais baixo que puder, assim você cuida da sua saúde e não atrapalha seus colegas de trabalho.

Não descuide da sua saúde auditiva

Se a empresa na qual você atua oferece cursos e treinamentos frequentes, provavelmente você receberá ótimas orientações para se prevenir de eventuais problemas. No entanto, é importante que você mantenha um compromisso consigo mesmo para evitar que isso possa acontecer com você.

Como você viu nesse post, os sintomas da perda auditiva podem se manifestar como pressão nos ouvidos, som abafado e principalmente o zumbido, que pode surgir como um ruído insistente parecido com o chiado de uma TV, de uma cigarra, de um grilo ou borboleta batendo asas.

A perda de audição é uma doença irreversível, por isso a melhor atitude que um atendente de call center pode ter é se prevenir — a sua saúde deve ser a sua prioridade. Felizmente os cuidados para se prevenir desse mal não exigem grandes esforços: usar corretamente o fone de ouvido, fazer alternâncias entre os lados direito e esquerdo e se manter em alerta quanto ao volume dos áudios que você está escutando. Agindo assim, você estará protegido contra a perda auditiva induzida por ruído.

Esse artigo foi útil para você? Compartilhe-o nas suas redes sociais e divida essas informações com outras pessoas!

Sobre o autor

Reynaldo Garcia

Com mais de 15 anos de experiência na área de contact center, Reynaldo Garcia tem habilidade natural para vendas e gestão de pessoas.\r\nCompletamente focado e com sangue nos olhos para novos negócios Reynaldo administra hoje mais de 800 colaboradores.\r\nSuas habilidades com tecnologia, marketing, vendas e gestão possibilitaram a criação de um método extremamente eficaz para gestão de call center e televendas e aplicada com sucesso em diversos seguimentos.\r\nNesses 16 anos atendeu mais de 50 empresas onde turbinou vendas, implantou centrais de atendimento de alta performance, acelerou processos de recuperação de crédito, capacitou milhares de pessoas e através de ligações mudou vidas.

3 comentários

Deixar comentário.

Share This
Navegação