4 dicas para se tornar um ótimo profissional de televendas

7 minutos para ler

Em um mercado de trabalho cada vez mais competitivo, é preciso sempre buscar ser o melhor profissional, independente de qual seja a sua área de atuação. No ramo do telemarketing isso não é diferente. Por estar lidando diretamente com o público, saber prestar um bom atendimento é fundamental.

O serviço de call center é um recurso de marketing direto muito utilizado por grande parte das empresas, pois é um canal que facilita o contato com o seus consumidores, seja ele para efetuar vendas ou dar suporte, receber reclamações, tirar dúvidas e fazer cobranças.

Por mais que pareça ser uma tarefa fácil, a pessoa que trabalha com televendas precisa estar preparada para lidar com diversos tipos de situações. Por isso, é sempre importante buscar qualificação. As empresas e gestores precisam estar atentos a isso tudo.

Geralmente essa capacitação é oferecida pela empresa, que pode realizar eventualmente palestras, treinamentos e cursos para melhor preparar o seu time de vendas. Contudo, para que isso faça sentido, é preciso que o profissional também demonstre comprometimento.

Você saberia dizer quais qualidades essa pessoa precisa ter? Vamos listar aqui algumas dicas que podem ajudar você a ter um melhor índice de aproveitamento no seu trabalho. Se você for um gestor, entenda como melhorar o desempenho da sua equipe.

1- Primeiro contato

Sabe aquele termo que diz que a primeira impressão é a que fica? No telemarketing isso deve ser levado em consideração. Como a principal ferramenta de trabalho é o telefone, é preciso que o profissional saiba como agir nesse contato inicial.

Simpatia é um item indispensável. Já reparou como um atendimento mal feito pode se tornar uma experiência bastante desagradável para o cliente? Isso pode, ainda, deixar uma imagem negativa da empresa. Se a proposta for vendas, as chances de fechar um negócio acabam se tornando quase que nulas se a pessoa não sabe fazer a abordagem correta.

É importante que os gestores treinem a sua equipe para que ela tenha um certo padrão de qualidade. O operador de televendas precisa iniciar o atendimento fazendo uma prévia apresentação, informando qual é a empresa que representa, se identificar falando o seu nome e, em alguns casos, o seu departamento. Caso o cliente esteja ligando, jamais atenda a ligação de maneira informal, dizendo “alô”, por exemplo.

Como já mencionamos, fazer uma boa recepção pode fazer toda a diferença, pois passa credibilidade e mostra a seriedade daquela empresa. Lembre-se que estará lidando com os consumidores, que podem demonstrar diversos tipos de reação. Independente disso, seja simpático, compreensível, preze por uma boa educação, não eleve o tom de voz ou dê respostas agressivas. Profissionalismo é tudo.

2- Seja confiante

Fazer vendas pode ser uma tarefa bastante desafiadora. Isso porque você terá a missão de convencer o cliente de que um determinado produto ou serviço é relevante. Pense antes: “por que eu deveria adquirir isso?” A partir daí, comece a criar a sua estratégia. Tente buscar um equilíbrio. Não seja tão direto ao ponto, mas também não fique enrolando a pessoa.

Conheça bem o que está vendendo para que tenha total confiança ao falar ao telefone. Imprevistos podem acontecer, por isso é importante saber contornar a situação com tranquilidade.

Um ponto que deve ser levado em consideração é entender até onde você deve ir. A pior característica que um vendedor pode ter é ser chato. Apresentou o produto de forma clara, mostrou os benefícios, e o cliente informou que não deseja? Saiba quando é hora de parar. Ficar insistindo ao tentar empurrar algo pode gerar um efeito reverso.

3-Atendimento eficiente

Por mais que seja um serviço importante, o atendimento de call center pode ser uma experiência bastante estressante para o cliente. Isso porque ao procurarmos um suporte, esperamos que a nossa solicitação seja resolvida e de maneira rápida.

Quando o profissional do outro lado da linha está despreparado, isso acaba gerando certo descontentamento. Uma situação muito comum que podemos ver nos contact centers é um atendente ficar interrompendo a todo o momento para tirar dúvidas com os colegas ou ficar repassando a demanda para outros setores, obrigando o cliente a explicar tudo novamente.

Para evitar que isso aconteça, e garantir que o consumidor irá sair satisfeito, seja sempre ágil, claro e atencioso. Escute o cliente. Demonstre que você está ali para ajudá-lo e não o contrário. Se o objetivo for vendas, escute o que ele tem a dizer. Caso tenha dúvidas, explique quantas vezes forem solicitadas, por mais que você precise repetir tudo novamente até que fique claro para ele.

Quando uma pessoa entra em contato para solicitar algum produto ou serviço, ela esperar ser bem tratada. Se em uma venda o atendimento já demonstra falhas, ela pensará duas vezes, pois acreditará que isso será ainda mais complicado caso dependa de um serviço no SAC da empresa.

Tom de voz

Por mais que o contato não seja presencial, o atendimento precisa ser humanizado. Como não estamos vendo a pessoa do outro lado da linha, nossa percepção é baseada na entonação da sua voz.

Um bom profissional sabe utilizar esse recurso da melhor maneira possível e a seu favor. Nunca aumente o tom, tente manter a simpatia, seja calmo, evite gírias e linguagens informais e inapropriadas. Cuidado com erros de português.

Não ignore o cliente

Em determinados momentos, o operador terá a necessidade de interromper o atendimento para consultar algum dado no sistema, digitar ou falar com outra pessoa na empresa. Nessa hora, você deverá pedir licença ao cliente antes de deixá-lo na chamada de espera.

Caso o procedimento esteja demorando, independente de ser por conta de o sistema estar lento ou não, mantenha o cliente avisado, pedindo, com gentileza, para que ele aguarde um pouco mais. Uma dica: não deixe que ele escute as conversas internas nesse momento.

Vida pessoal não pode interferir

Lidar com o atendimento ao público pode ser desafiador. Isso porque não só o cliente, como o atendente é um ser humano movido a emoções. É normal que todos nós tenhamos dias bons e ruins. No entanto, na hora de trabalhar, questões externas precisam ser deixadas do lado de fora da empresa. O atendente não pode, jamais, descontar a sua raiva, tristeza ou qualquer sentimento provocado por problemas pessoais no consumidor.

4- Saiba escutar

Um dos maiores erros que um televendedor pode apresentar é não saber escutar. Um bom profissional sabe que, mais do que falar, é preciso ouvir o cliente. Além de irritar quem está falando com você, isso pode atrapalhar na hora de tomar decisões importantes.

Alguns cuidados podem te ajudar nessas horas:

– Nunca interrompa quando o cliente estiver falando. Aguarde ele finalizar para se pronunciar.

– Esteja atento a tudo que ele fala. Evite distrações ou fazer outras coisas ao mesmo tempo. Isso poderá fazer com que ele precise repetir algo, o que é uma falta de profissionalismo.

– Quando estiver escutando, demonstre que está realmente interessado (a) no que ele está falando. Isso é ainda mais importante se o objetivo do contato for uma venda.

– Jamais julgue o cliente. Você não está ali para dar a sua opinião, mas sim para vender ou solucionar um problema.

– Mais importante de tudo: tenha paciência. Cada pessoa tem um tempo para entender, falar e tomar decisões. Demonstrar estar entediado ou irritado é inaceitável.

Agora que você já aprendeu alguns segredos para se tornar um televendedor de sucesso, continue acompanhando o nosso blog para ter mais dicas de Televendas, atendimento, gestão de call center/televendas ou CURSOS Clique no link abaixo:
https://linktr.ee/reynaldo.garcia

Posts relacionados

Deixe um comentário

Share This
Navegação