4 erros cometidos na gestão de cobranças para provedores

3 minutos para ler

Estruturar uma gestão de cobranças para provedores eficientes é um processo que exige um plano claro e objetivo. Existem grandes desafios que os empreendedores devem saber contornar para assegurar a qualidade durante o contato com os inadimplentes.

A gestão de cobranças é um processo completo e complexo. Por isso, a falta de cuidado pode ocasionar em erros comuns que podem impactar totalmente os resultados dos seus esforços.

Neste texto, separamos 4 erros cometidos na gestão de cobranças para provedores para você entender melhor como planejar melhor esse processo em sua empresa. Confira!

1. Não ter uma equipe preparada

Uma gestão de cobranças eficiente deve contar com membros preparados e bem treinados para saberem lidar em diferentes tipos de situações. Contar com um time capacitado é uma forma de diferenciar o atendimento no call center e proporcionando mais sucesso durante a renegociação de débito com os clientes.

Além de capacitar a sua equipe para que os membros dominem as técnicas de negociação e as ferramentas usadas no processo, é preciso fortalecer a importância dessa prática no call center.

O investimento em cursos especializantes é uma forma de alinhar os operadores às melhores práticas de negociação e trazer a excelência à sua gestão de cobranças para provedores.

2. Não considerar as melhores possibilidades de regularização

Outro ponto que muitas centrais de cobranças erram é em relação à forma como conduzem o atendimento aos seus clientes. É preciso entender que cada pessoa tem suas limitações dentro da sua realidade.

Por isso, deve-se considerar as situações diversas de cada cliente e oferecer possibilidades de regularização adequadas para o pagamento das pendências. Entre essas opções, você pode considerar o parcelamento, descontos à vista, ou reativação de benefícios com o pagamento.

3. Não ter empatia durante o atendimento

A negociação de um débito pendente é um processo delicado. Para isso, os operadores devem tratar todos os casos com muito respeito e empatia. A falta de cuidados pode gerar constrangimentos que podem se tornar uma bola de neve para a sua central de call center.

O domínio dos operadores é fundamental para assegurar um contato estável e controlado — evitando atritos que podem se tornar em contestações judiciais ou em reclamações nos órgãos reguladores.

4. Não contar com bons indicadores de desempenho

As métricas e indicadores de desempenho exercem um papel crucial para o sucesso de qualquer central de call center. Por isso, a ausência dessas ferramentas em sua gestão de cobranças para provedores pode ser considerada um grande problema.

Contar com bons indicadores de desempenho permitirá uma visão mais ampla sobre os resultados alcançados e como adequar as suas estratégias caso as coisas não estejam de acordo com os planos.

Portanto, durante o planejamento, procure levar em consideração quais são os indicadores mais adequados para a sua gestão de cobrança. Além disso, você pode contar com ferramentas que permitem um acompanhamento automatizado para potencializar ainda mais seus resultados.

Pronto! Agora que você conferiu os principais erros de gestão de cobranças para provedores, procure adaptar as suas estratégias para alcançar resultados ainda melhores durante os contatos com inadimplentes.

Gostou do artigo? Para mais dicas de Televendas, atendimento, gestão de call center/televendas ou CURSOS Clique no link abaixo:
https://linktr.ee/reynaldo.garcia/

Posts relacionados

Deixe um comentário

Share This
Navegação