4 técnicas para controlar o nervosismo em televendas para provedores de internet

3 minutos para ler

Vendas por telefone te deixam nervoso? A ansiedade é frequente na sua equipe de televendas? Saiba que isso é normal.

Em tempos de redes sociais, em que não precisamos mais falar, apenas digitar umas poucas frases, conversar se tornou uma tarefa complicada para diversas pessoas. Ainda, as vendas por telefone foram comprometidas por más empresas e maus profissionais que chamavam incessantemente os consumidores para comprar.

Isso é o suficiente para qualquer indivíduo ter medo de falar ao telefone, ainda mais no setor de televendas para provedores de internet. Assim, criamos um guia sucinto e prático para controlar o nervosismo em 4 passos. Confira!

1. Pare de contar histórias para si mesmo

O maior vilão para o nervosismo, somos nós mesmos. Você pode achar clichê, mas assim é, há um fundo de verdade.

No primeiro parágrafo falamos sobre as nossas relações com as mídias, mas em momento nenhum falamos que é difícil vender por telefone.

É um fato que a era da comunicação mudou a forma como nos relacionamos. Quando falamos que é impossível vender por telefone, isso se torna uma verdade inconsciente. Podemos travar.

Precisamos compreender a origem desse medo, e não jogar a culpa para o mundo.

2. Estude sobre o produto

A melhor maneira de perder o medo é acreditar no produto. Se você acredita nele e sabe que vai mudar a vida de alguém, vender deveria ser algo fácil.

Conheça todos os detalhes do produto. Compreenda como cada plano ou pacote se relaciona com o estilo de vida do cliente em potencial. Em seguida, não venda, mas entregue a ele algo pelo qual ele pagaria muito mais do que o valor financeiro, e depois, feche o negócio.

3. Tenha um roteiro fluído

O conceito de roteiro é muito mal compreendido. Roteiro não é uma trava. Ele deve ser usado como um guia que direciona em caso de dúvida, mas a conversa deve ser natural e sincera.

De nada adianta um roteiro para vender plano de internet com TV a cabo se o cliente não tiver televisão. Nesses momentos a criatividade do vendedor é posta a prova, e o roteiro pode nortear toda a conversa, desde que adaptado a essa nova situação.

4. Antecipe objeções

O nervosismo não é do telefone. Ninguém tem medo da verdade do aparelho em si. O que temos medo, e todos nós, é da rejeição. Todos precisam de aprovação.

Quando o cliente recusa o produto, não é porque você é um mal vendedor, às vezes ele não precisa. Não adianta forçar. É muito melhor perder a venda, que perder o cliente. Se ele ficar satisfeito, trará novas oportunidades.

Antecipar objeções é compreender quais são os principais impedimentos no setor. Normalmente são:

  • Não preciso disso agora
  • Não tenho dinheiro
  • Estou satisfeito com o plano atual

E assim, você consegue criar respostas matadoras, ou induzir a pessoa a compreender a real necessidade do que está comprando. Afinal, todos, antes de vendedores, somos consumidores.

Nós sabemos que quando não queremos comprar algo por qualquer motivo, daremos essas três desculpas, mesmo que não sejam verdadeiras.

O nervosismo é normal, mas com essas 4 dicas é possível manejá-lo para não se tornar um impedimento no seu crescimento.

Gostou do artigo? Para mais dicas de Televendas, atendimento, gestão de call center/televendas ou CURSOS Clique no link abaixo:
https://linktr.ee/reynaldo.garcia/

Posts relacionados

Deixe um comentário

Share This
Navegação