Como motivar equipes de call center? Conheça 4 erros fatais

4 minutos para ler

Uma dúvida que muitos gestores possuem é sobre como motivar equipes no dia a dia. Um questionamento pertinente, principalmente em ambientes ultracompetitivos e de grande cobrança como os call centers.

Em busca deste objetivo, as empresas criam programas motivacionais, oferecem salários atrativos, melhoram a área de lazer, promovem festas e criam diversas outras ações. Apesar da boa intenção, muitas companhias cometem erros fatais e, mesmo com todo incentivo, todo esforço acaba não rendendo os frutos esperados.

Quais são esses erros? Como evitá-los? Continue a leitura e descubra como motivar equipes de call center!

1. Achar que basta promover

O primeiro erro é acreditar que motivar as equipes se resume em falar sobre promoção e existem duas razões para isso.

  1. Não é possível promover todo mundo: prometer para cada colaborador um cargo melhor pode apenas desanimar, pois está claro que não há vagas e nem recursos para oportunizar o crescimento de todos.

  2. Promoção não é sinônimo de melhora: não importa em qual cargo o colaborador esteja, se as condições de trabalho e infraestrutura forem as mesmas não haverá diferença e ele pode encarar apenas como mais responsabilidade.

Para motivar é preciso dar a possibilidade não apenas de crescimento profissional, mas também de melhorar a qualidade de vida.

2. Não ser transparente

Quando você se sente mais motivado a realizar uma tarefa: ao saber por que está fazendo algo e os impactos que terá ou apenas por que foi dada uma ordem?

Quando os gestores envolvem a equipe no processo de decisão e comunica de forma clara porque determinada decisão foi tomada, o time compra a ideia e não apenas a coloca em prática, acreditando no serviço que presta.

Não esconda informações relevantes como faturamento, lucro e investimentos. Os colaboradores precisam saber se os seus esforços estão correspondendo e quais as dificuldades que a empresa enfrenta.

Essa visibilidade pode abrir as portas para diversas ideias e melhorar a performance da empresa.

3. Não praticar o que fala

Muitos gestores convocam seus funcionários para treinamentos e reuniões, entoam palavras motivadoras com frases de efeito para alavancar a produtividade da equipe “no grito”.

Essa estratégia até consegue um efeito momentâneo, porém, quando as atitudes do gestor diferem das palavras apresentadas, as consequências negativas podem ser catastróficas.

Não apresente para os colaboradores situações que não poderá cumprir, desde questões técnicas até comportamentais. Seja simples, sincero e direto, pois, assim, é muito mais fácil conquistar a empatia das equipes dessa forma.

4. Mudar as regras no meio do caminho

Qualquer imposição de novas regras, sem apresentar razões consistentes, pode provocar a revolta e a queda de produtividade. Portanto, não mude ou imponha normas de repente.

Se iniciou uma campanha interna, vá com as regras originais até o final. Além disso, mudanças bruscas na rotina nunca são bem aceitas. É interessante que seja feita uma reunião com as lideranças e os colaboradores para alinhar os objetivos.

Se você quer saber como motivar equipes, comece por evitar esses 4 erros. Lembre-se de que não basta criar programas ou aumentar salários, é preciso fazer o colaborador sentir que a sua atividade agrega valor e que a empresa se importa com o seu bem-estar e crescimento profissional. Siga essas dicas e consiga resultados fora da curva.

Agora que você já conhece os erros fatais em termos de motivação, conheça agora as 5 tendências de vendas no call center!

Posts relacionados

Deixe um comentário

Share This
Navegação