Inside sales: como funciona e o que é preciso para implementar?

4 minutos para ler

As empresas necessitam obter bons resultados de maneira mais simples, rápida e eficiente. A concorrência acirrada e o alto nível de exigência do público-alvo obrigam as companhias a procurarem alternativas para o alcance das metas com menos custos. Esse contexto favorece a expansão do inside sales.

Em português, esse termo significa vendas internas. Em vez de a equipe de vendas se deslocar para ir ao encontro dos clientes, ela adota a tecnologia para entrar em contato com os consumidores de forma mais ágil.

Neste post, vamos apresentar uma definição sobre esse método de vendas, mostrar como ele funciona na prática e destacar as ações necessárias para implementá-lo. Confira!

O que é inside sales?

É um novo método de vendas que usa a habilidade dos vendedores internos e os recursos tecnológicos para promover uma maior interação com os consumidores. Os principais objetivos são melhorar o relacionamento com os clientes e otimizar o processo de aquisição de produtos e serviços.

Não basta apenas mostrar as vantagens de um produto para convencer o público-alvo. Hoje, é necessário educá-lo para comprovar que o investimento vai proporcionar benefícios concretos.

Como funciona essa estratégia?

Essa modalidade de vendas se caracteriza por trabalhar com as informações, inicialmente, de maneira didática para, depois, focar em concretizar o negócio. Por exemplo, o vendedor de uma empresa de software agenda uma reunião com o cliente por meio de uma videoconferência.

Antes de a reunião acontecer, são enviados materiais de cunho educativo que mostram como investir em sistemas é importante para as organizações melhorarem os processos, reduzirem gastos e aperfeiçoarem a relação com os stakeholders.

Dessa forma, o vendedor poderá, em princípio, mostrar as vantagens oferecidas pelo software de forma didática. Isso cria um ambiente mais favorável para desenvolver uma abordagem mais direcionada para a venda.

O que é preciso para implementar?

Você já sabe o que é inside sales e como ele funciona. Por isso, é importante saber como essa metodologia de vendas pode ser utilizada na sua empresa. Essa iniciativa pode ser concretizada por meio de várias ações.

Uma delas é diferenciar esse método de vendas das equipes de telemarketing. Essas têm um script bastante engessado e pouco poder de decisão sobre propostas que podem ser feitas pelos clientes. Além disso, priorizam fechar o negócio na primeira ligação. Já o inside sales trabalha com técnicas que criam uma relação de confiança com o cliente para tentar concretizar as vendas posteriormente.

Outra medida relevante para estabelecer essa metodologia é capacitar a equipe de vendas e definir os papéis dos membros. É importante que os colaboradores estejam habilitados para apresentar um conteúdo educativo e, no momento certo, apresentarem uma proposta bem formulada para fechar o negócio.

Além disso, os vendedores podem ser divididos em dois grupos. No primeiro, o foco é convencer o consumidor de que é necessário investir em alguma solução para resolver a demanda. No segundo, o objetivo é fazê-lo adquirir o produto ou serviço oferecido pela empresa.

É recomendado também que os vendedores internos sejam comissionados pelos resultados obtidos. Esse trabalho merece, sem dúvida, um tratamento diferenciado, porque pode gerar um aumento na receita e um engajamento maior dos clientes, o que é fundamental para a fidelização.

Por último, a companhia deve compreender como o inside sales pode ser útil para a estratégia comercial. É crucial que esse método de vendas seja introduzido aos poucos e funcione de maneira simultânea com o modelo tradicional. Isso vai fazer com que os empregados sejam mais receptivos à introdução de um novo formato das vendas.

Se você quer mais informações sobre como adotar o inside sales na sua empresa, assine, agora mesmo, a nossa newsletter. O conhecimento é imprescindível para superar novos desafios!

Posts relacionados

Deixe um comentário

Share This
Navegação