Quais devem ser as habilidades necessárias dos atendentes de telemarketing

3 minutos para ler

Um Call Center que busca excelência nas suas operações depende efetivamente da atuação dos atendentes. Estes profissionais, com o relacionamento direto com o cliente, podem ser a chave do sucesso do seu negócio. Por isso, faz-se indispensável entender as habilidades necessárias dos atendentes de telemarketing, capacitando ainda mais a equipe.

Ao identificar toda as questões pertinentes à forma de trabalho dos colaboradores, vários benefícios são agregados: aumento da produtividade, melhor relacionamento com o consumidor e, claro, lucros para a empresa. Quer saber mais? Então, veja as 6 habilidades necessárias dos atendentes de telemarketing que separamos neste artigo.

1. Comunicação clara, correta e direta

A primeira habilidade é indissociável de qualquer Call Center: a forma como o operador se comunica. Para isso, precisa ser claro no que está propondo, de maneira direta, evitando confusões para o cliente.

Outro ponto, muito negligenciado por alguns atendentes, é uma comunicação correta. Atentar-se à língua portuguesa é preponderante, evitando arranhar a imagem da empresa com problemas como vícios de linguagem.

2. Paciência e empatia

Independentemente da área de atuação do atendente de Call Center, ser paciente e ter empatia com que está do outro lado da linha são duas habilidades que devem fazer parte da sua rotina.

Isso impede problemas com as pessoas, além de fazer com que, ao entender o que ela passa, achar meios de criar a proximidade. Não à toa, a impaciência é um dos fatores que mais derrubam os indicadores de um Call Center.

3. Rapidez no atendimento

Produtividade é sinônimo de rapidez no atendimento. Contudo, essa habilidade também traz outra vantagem: o cliente é mais propenso a ouvir o que o atendente tem a dizer quando ele chega ao assunto principal em pouco tempo.

Isso não exclui a importância de um atendimento qualificado, mas que não ocupe muito tempo da pessoa. Quanto mais desenvolvida essa habilidade, mais chamadas serão realizadas no dia e a capacidade de converter em vendas, por exemplo, aumenta.

4. Raciocínio rápido: lidando com problemas

Quanto mais rápido for o raciocínio do atendente, melhor lidará com o problema da pessoa e oferecerá a solução ideal para o seu caso. Essa é uma habilidade que, se bem-desenvolvida, pode posicionar o colaborador como um dos principais atendentes.

Aqui, é indispensável que o atendente melhore essas habilidades através de treinamentos, mas também na prática do dia a dia. Busca-se evitar que o atendimento seja apenas focado no modelo padrão de ligações da empresa, abrindo espaço para o raciocínio autônomo de cada um.

5. Estar motivado e confiante

Regras e habilidades básicas de qualquer setor produtivo, a motivação e confiança precisam ser maximizadas no Call Center. O processo contínuo de ligações pode fazer com que a pessoa fique desatenta, perca o foco, além de se desmotivar e não estar confiante.

Por isso, operadores proativos, muitos com espírito de liderança, devem ser utilizados como exemplos. Ainda, supervisores e coordenadores precisam trabalhar constantemente essas habilidades.

6. Organização

Para complementar, tudo isso só será possível em um atendente organizado. Ele precisa saber quais são suas funções, planejá-las de acordo com a sua rotina de trabalho e apresentar resultados contundentes. Assim, tudo flui naturalmente.

Que tal aplicar esses e outros conceitos na prática? Conheça nossas soluções para o seu Call Center.

Posts relacionados

Deixe um comentário

Share This
Navegação