Saiba como fazer gestão de clima organizacional no call center

3 minutos para ler

Sem a gestão adequada, certamente o cenário no call center pode sair do controle. Afinal, estamos falando de uma área em que existe a competição natural entre vendedores, a busca implacável por resultados e, é claro, a cobrança por parte dos clientes. Com isso, muitas vezes o gestor não consegue lidar com a situação, e o resultado é um clima organizacional negativo.

Mas, felizmente, existe solução para o problema. São muitas as técnicas e ações que podem ser realizadas pela organização para mitigar esse tipo de situação e garantir um clima muito mais satisfatório para os colaboradores. É justamente sobre esse tipo de gestão que vamos abordar neste post. A seguir, descubra como melhorar o clima da sua empresa!

Realize uma pesquisa de clima

A pesquisa de clima é o primeiro passo para quem deseja desenvolver um clima organizacional mais sadio. Afinal, é justamente com as informações obtidas que você pode realizar ações mais precisas, focadas nos problemas reais dos seus colaboradores.

Esse tipo de pesquisa ajuda a avaliar o clima interno em suas inúmeras facetas. Pode compreender a relação dos colaboradores com gerentes e supervisores, a relação entre colegas e até questões ligadas à estrutura e à cultura da empresa.

Desenvolva a estrutura da empresa

Pode não parecer, mas a estrutura da empresa pode fazer toda a diferença no clima organizacional. Normalmente, empresas em que existe uma divisão entre os colaboradores e os gerentes e supervisores, como portas de gabinetes sempre fechadas, por exemplo, acabam gerando uma divisão entre a gestão e os profissionais, o que é nocivo para o ambiente interno.

Além disso, é sempre importante contar com um espaço destinado exclusivamente para o lazer. Sim, estamos falando de profissionais que vivem uma pressão constante por resultados e, portanto, seria interessante oferecer um espaço onde possam relaxar.

Dê feedbacks com frequência

Pode ter certeza de que a melhor ferramenta de comunicação entre gestores e os colaboradores são os feedbacks. É nesse momento que temos a oportunidade de conhecer a realidade do profissional e passar para ele dicas importantes para que possa desenvolver sua carreira.

Ao contrário do que muitos pensam, o feedback não é algo negativo do ponto de vista do colaborador. Ele quer aprender e saber como realizar o seu trabalho da melhor forma possível. É papel do gestor, portanto, fazer com que esse momento seja proveitoso e não ofensivo para quem está do outro lado da comunicação.

Incentive as lideranças

Por fim, é muito importante mencionar o papel da liderança em todo o processo. Gestores, gerentes e supervisores precisam agir como verdadeiros líderes, ou seja, participar ativamente da rotina dos colaboradores. Assim, servirão como uma referência, uma figura de inspiração para os demais profissionais.

É preciso, no entanto, separar os conceitos de chefe e líder. Chefes são aqueles que possuem um cargo de hierarquia superior na organização, o que não significa, necessariamente, que são encarados como líderes.

Esses, por outro lado, são reconhecidos pelo grupo pela sua capacidade de motivar as equipes e se preocupar com questões que envolvem a gestão de pessoas, como o clima organizacional.

Gostou do nosso post de hoje? Então que tal conferir o nosso post e aprender os 5 benefícios do uso da régua de relacionamento em call centers?

 

Posts relacionados

Deixe um comentário

Share This
Navegação